Grupo vencedor da Restaura Natureza conhece os bastidores da Mauricio de Sousa Produções


20 de agosto de 2022

Luam Rodrigues, Maria Eduarda Lucena Viana, Eloah Cecilia Moraes de Souza, Arnaldo Ferreira Palheta, Christinne Matos Marcos e Dafne Kelen Monteiro da Silva (da esquerda para a direita) visitaram em agosto de 2022 a sede da Mauricio de Sousa Produções. Foto: Leo Otero/WWF-Brasil

O grupo Sauins Protetores, vencedor da Restaura Natureza 2022, veio de Manaus (AM) para São Paulo em 6 de agosto de 2022, para a viagem de premiação que incluiu uma visita à sede da Mauricio de Sousa Produções (MSP). Os estudantes, juntos de seus acompanhantes e professora responsável, também conheceram de perto o trabalho de restauração feito pela Associação Ambientalista Copaíba, na cidade de Socorro, no interior paulista.

Mônica Sousa, diretora-executiva da Mauricio de Sousa Produções – e a filha de Mauricio de Sousa que inspirou a famosa personagem das histórias em quadrinhos – recebeu pessoalmente o grupo Sauins Protetores na sede da MSP, na zona oeste de São Paulo. “Estou muito contente em conhecer os jovens responsáveis pelo projeto vencedor da primeira edição da olimpíada. Somos parceiros do WWF-Brasil para somar forças para a preservação do meio ambiente e agora contamos com vocês para reforçar esse trabalho”, disse Mônica ao grupo. Ela também fez a entrega dos certificados de vencedores da olimpíada, ao lado da responsável pelo Restaura Natureza, Gabriela Yamaguchi, diretora de Engajamento do WWF-Brasil.

Gabriela Yamaguchi, diretora de Engajamento do WWF-Brasil e coordenadora da Restaura Natureza, distribuiu os certificados aos integrantes do grupo vencedor, Sauins Protetores, junto com Mônica Sousa, diretora-executiva da Mauricio de Sousa Produções. Foto: Leo Otero/WWF-Brasil

Os cinco estudantes do grupo Sauins Protetores, da Escola Municipal Professora Tereza Cordovil, viajaram com seus responsáveis de Manaus para São Paulo para uma experiência de aprendizado e inspiração. Eloah Cecilia Moraes de Souza, de 12 anos, Dafne Kelen Monteiro da Silva, de 12 anos, Luam Marcelo Camara Rodrigues, de 12 anos, Maria Eduarda Lucena Viana, de 12 anos, e Arnaldo Ferreira Palheta, de 15 anos, coordenados pela professora Christinne Matos Marcos, desenvolveram o projeto que ficou em 1º lugar na categoria Comissão Julgadora da olimpíada, de restauração de uma área do Igarapé do Gigante, na capital do Amazonas. Os participantes se engajaram na obtenção de mudas e na autorização do plantio, que reuniu alunos, professores, lideranças indígenas, moradores, representantes de ONGs e representantes do governo. O uso de tecnologia foi um destaque do projeto, que adotou um aplicativo de georreferenciamento para cadastrar as 200 mudas. 

Depois da cerimônia de entrega dos certificados ao grupo vencedor, os Sauins Protetores fizeram uma visita guiada ao estúdio de criação e puderam conhecer os bastidores das histórias em quadrinhos, desenhos animados, filmes e outras obras do universo de Mauricio de Sousa. No museu, conheceram peças que marcaram a história do trabalho do desenhista. A estudante Dafne Kelen Monteiro, de 12 anos, integrante do Sauins Protetores, é fã da Turma da Mônica. “Desde pequena, eu me divirto com esses personagens. Eu tinha uma boneca da Mônica que dançava, aprendi a dançar com ela. Até hoje assisto aos vídeos no YouTube da turma. Foi muito legal conhecer o processo de criação em detalhes e a Mônica em pessoa; tudo isso é uma inspiração para mim”, disse.

A Restaura Natureza – Olimpíada Brasileira de Restauração de Ecossistemas é competição colaborativa escolar do WWF-Brasil organizada pela Quero na Escola, alinhada à Década da ONU da Restauração de Ecossistemas (2021-2030), e teve sua primeira edição realizada entre janeiro e julho de 2022. Contou com duas fases: a primeira, 100% online e individual, e a segunda, em grupo, com a realização de planos de ação restauradoras. Na Primeira Fase, participaram 7.424 estudantes de 25 estados brasileiros e Distrito Federal. Na Segunda Fase, mais de 200 projetos escolares foram submetidos à avaliação da Comissão Julgadora e à Votação Popular.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

12 de dezembro de 2023

Veja como foi a viagem dos estudantes campeões da Restaura Natureza 2023

O grupo campeão RioParaibaVive conheceu a Cerrado de Pé, Associação de Coletores de Semente da Chapada dos Veadeiros (GO) e realizou plantio – Foto: Katarina Silva/Coletivo Miracema/WWF-Brasil O grupo escolar RioParaibaVive, o grande campeão da Restaura Natureza 2023 – Olimpíada Brasileira de Restauração de Ecossistemas do WWF-Brasil com organização da Quero na Escola – saiu […]

15 de novembro de 2023

Vencedores da Restaura Natureza integrarão o Conselho de Campeões

Em 2024, a Restaura Natureza contará com o primeiro Conselho de Campeões, formado pelos vencedores da 2ª edição da Olimpíada Brasileira de Restauração de Ecossistemas do WWF-Brasil, organizada pela associação Quero na Escola. Serão convidados a participar do Conselho de Campeões (2024-2026) os estudantes dos grupos vencedores das categorias Comissão Julgadora e Votação Popular da […]

17 de outubro de 2023

Cinco grupos escolares recebem menção honrosa na Restaura Natureza 2023

Além de escolher os vencedores das categorias Comissão Julgadora e Votação Popular da Restaura Natureza 2023 – Olimpíada Brasileira de Restauração de Ecossistemas, a comissão organizadora fez menção honrosa a cinco grupos participantes da olimpíada que não venceram nos critérios estabelecidos, mas se destacaram na competição colaborativa. “A Restaura Natureza tem seus critérios pré-estabelecidos, mas, […]

Utilizamos cookies e outras tecnologias para lhe oferecer uma experiência de navegação melhor, analisar o tráfego do site e personalizar o conteúdo, de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.